sábado, julho 16, 2011

Kick Ass - Quebrando Tudo - O DVD ideal para suas férias



Odyssey recomenda -  O DVD ideal para suas férias

Kick Ass - Quebrando Tudo


Elenco: Chloe Grace Moretz, Nicolas Cage, Christopher Mintz-Plasse, Aaron Johnson, Lyndsy Fonseca, Clark Duke, Omari Hardwick, Evan Peters, Peter Brooke.
Direção: Matthew Vaughn
Gênero: Comédia
Duração: 117 min.
Distribuidora: Paramount Pictures
Em exibição no Telecine.


Sinopse: 'Kick Ass - Quebrando Tudo' acompanha um estudante nerd chamado Dave Lizewski que decide virar super-herói, apesar de não ter a menor capacidade atlética ou coordenação motora. Quando uma imagem sua, defendendo alguém contra bandidos, chega na internet, logo vem a fama e novos personagens se juntam a ele nesta verdadeira aventura violenta e de vinganças pessoais. As coisas mudam quando ele encara vilões reais com armas de verdade.



Crítica:

Esqueça os valores morais se quiser assistir Kick Ass – Quebrando Tudo.

Sem a intenção de ser politicamente correto, o filme parece mais calculado para agradar os nerds fãs de filmes de ação sanguinolentos de Quentin Tarantino e afins.


O argumento utilizado para desenvolver o enredo é o de que os super-heróis sempre fizeram parte do imaginário popular, mas ninguém nunca teve coragem de “encarnar” um, ou seja, ser um defensor mascarado da população.

Dave é o garoto que alimenta há algum tempo o desejo de ser um desses mascarados. Ele compra uma fantasia e resolve testar sua capacidade para tal. A primeira tentativa é totalmente fracassada e deixa nele sequelas, que o ajudarão a se sair melhor na segunda vez, quando sua ação é filmada e cai na internet, se tornando um dos maiores fenômenos de visualizações da atualidade.



É aí que ele descobre que super-heróis já existem e que esta vida é muito mais perigosa do que o que ele vislumbrava ao ler os quadrinhos ou ver filmes do gênero. Ele passará a ser perseguido por Hit Girl e Big Daddy (heróis do bem) e por Red Mist, o pai e sua gangue.


O roteiro desenvolve os personagens sem pressa e vale a pena gastar tempo apresentando-os. Quando a ação começa – numa cena ótima à la Trinity, de Matrix – já sabemos bem os sentimentos que movem cada um e a personalidade deles já está bem dissecada.

A criação de uma situação possível para “heróis de verdade” é um dos méritos da produção, mas infelizmente isso não se sustenta nas sequências finais de ação, que se entregam ao tom fantástico. Pelo menos Kick Ass (o personagem) sempre age como um geek (pessoa excêntrica obcecada por tecnologia), mesmo pensando ser um Peter Parker (o Homem-Aranha) e intencionando fingir algo que não é, para a “garota dos seus sonhos".


Outro ponto positivo é o bom proveito feito da situação atual da sociedade, na qual tudo é televisionado e/ou vai parar na internet – especialmente no Youtube – e isso muda a vida das pessoas, pelo menos enquanto dura os seus quinze minutos de fama.



Nicolas Cage faz um papel pequeno, mas marcante. Ele se diverte e pelo menos desta vez, o papel lhe caiu como uma luva. Ele só perde espaço para a pequena Chloe Moretz, elétrica e divertida na medida certa como a heroína Hit Girl, que protagoniza as melhores sequências de ação do longa.


Kick Ass – Quebrando Tudo não é só mais um filme satírico de super-heróis ou de ação vazia. Desenvolve-se com decência e leva ao delírio aqueles que gostam de ação com sangue, música boa e zero de compromisso com a moral e os bons costumes. É o meu caso.


Fonte: CinePop                  
Crítica por: Fred Burle



Corra para a locadora agora mesmo e alugue esse filme, esqueça o DVD pirata e sinta o prazer de ver um bom filme com uma imagem de qualidade no sofá de casa. E não esqueça a pipoca! Odyssey recomenda!

 Divertido
 Audacioso
 Inovador
 Emocionante
 Cult
 Eletrizante
 Imperdível

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!