sexta-feira, julho 22, 2011

South Park o melhor programa do canal VH1



South Park é uma sitcom americana criada por Trey Parker e Matt Stone para o canal Comedy Central. Destinado ao público adulto, o programa tornou-se infame por seu humor negro, cruel, surreal e satírico que abrange uma série de assuntos. A narrativa padrão gira em torno de quatro crianças—Stan Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman, e Kenny McCormick—e suas aventuras bizarras na cidade-título do programa.





Cada episódio começa com um aviso irônico:

    Todos os personagens e eventos neste programa—mesmo aqueles baseados em pessoas reais—são inteiramente fictícios. Todas as vozes de celebridades são imitações.....pobres. O programa a seguir contém linguagem chula e devido a seu conteúdo não deve ser visto por ninguém.




Parker e Stone, que se conheceram na universidade, desenvolveram a série a partir de dois curtas de animação criados por eles em 1992 e 1995. A segunda produção tornou-se um dos primeiros vídeos virais da internet, o que acabou levando ao desenvolvimento do programa. South Park estreou em 13 de agosto de 1997, obtendo êxito instantâneo e alcançando posteriormente as maiores audiências da televisão paga nos Estados Unidos. Apesar de inconsistente em seus índices de audiência, o programa permanece como a atração mais aclamada e duradoura do Comedy Central. Originalmente produzido através de animação de recortes, cada episódio é atualmente realizado em um software que reproduz o estilo característico do programa.


Os episódios são normalmente escritos e produzidos durante a semana anterior à sua divulgação, com a grande maioria dos shows sendo escritos, dirigidos e dublados por Parker e Stone. Após as duas primeiras temporadas, Parker se tornou o único escritor e diretor creditado. A partir de 2010, um total de 209 episódios foram exibidos durante as 14 temporadas da série. Parker e Stone estão sob contrato para produzir 14 novos episódios em 2011. A nova temporada estreou em 27 de abril de 2011.



Filme
 South Park: Bigger, Longer & Uncut

Em 1999, menos de dois anos após a estreia do programa, seu primeiro longa metragem foi lançado. South Park: Bigger, Longer & Uncut, uma comédia musical, foi dirigida por Parker, que co-escreveu o roteiro com Stone e Pam Brady. O filme foi em geral bem recebido pelos críticos, arrecadando um total de 83,1 milhão de dólares em bilheteria nacional e internacional. O filme satiriza as controvérsias em torno da própria série, e acabou entrando para a edição de 2001 do Guiness World Records na categoria "Mais Palavrões em Filme de Animação". A canção "Blame Canada", tirada da trilha-sonora do filme, rendeu a seus compositores, Parker e Marc Shaiman, uma indicação ao Oscar de "Melhor Canção Original".


Temas e estilo


South Park foi o primeiro programa semanal a receber uma classificação TV-MA, e é em geral indicado para o público adulto. Os protagonistas e a maioria dos outros personagens infantis usam de fortes palavras de baixo calão, mas apenas as mais polêmicas é que são censuradas durante uma transmissão típica. A utilização de tal linguagem serve para Parker e Stone tentarem demonstrar como eles acham que garotos conversam de verdade quando estão sozinhos.


A série normalmente fez uso de técnicas carnavalescas e absurdas, repetições cômicas, violência, temas sexuais, referências pop-culturais improvisadas e paródias de celebridades. Os primeiros episódios eram mais propensos a temas provocativos, apresentando um estilo de humor pastelão. Apesar de a sátira social ser utilizada ocasionalmente no princípio, tornou-se cada vez mais prevalente com o desenvolvimento da série, mantendo um pouco do foco no gosto por humor escatológico dos protagonistas na tentativa de lembrar ao público adulto "como é ter oito anos de idade". Parker e Stone também começaram a aperfeiçoar personagens secundários ao lhes dar papéis mais proeminentes em certas histórias, e passaram a desenvolver seus enredos como parábolas baseadas em religião, política e diversos outros tópicos. Isto forneceu ao programa a oportunidade de parodiar ambos os lados de um assunto polêmico, enquanto satiriza pontos de vista tanto liberais quanto conservadores. Parker e Stone descrevem-se como "transgressores em prol das oportunidades iguais", cujo principal objetivo é "ser engraçado" e "fazer os outros rirem", enquanto afirmam que nenhum tema ou grupo de pessoas é poupado de ser alvo de suas zombarias e sátiras.


Os dois insistem que o programa permanece centrado nas "crianças sendo crianças", e "como é estudar no ensino básico na América", declarando que a introdução de um elemento mais satírico à série foi resultado da adição de um "centro moral" ao programa, para que ele possa basear-se cada vez menos em ser simplesmente cruel ou chocante numa tentativa de manter um público fiel. Apesar de profana, e com a tendência de às vezes assumir um aspecto cínico, Parker observa que ainda há um "fundo de candura" na personalidade das crianças de South Park, com a Time descrevendo os garotos como "ocasionalmente cruéis, mas com um núcleo de inocência". Normalmente, os protagonistas ou outros personagens refletem sobre o que ocorreu durante um episódio, formulando a lição importante que foi tirada daquilo a partir de um curto monólogo. Durante as primeiras temporadas, o discurso geralmente começava com uma variação da frase "Sabe o quê? Eu aprendi algo hoje...".


Formato    Série de desenho animado
Género      Comédia, Animação
Duração    22 minutos (aprox.)
Criadores: Trey Parker, Matt Stone
País de origem   Estados Unidos Estados
Idioma original   Inglês
  



Transmissão original    13 de agosto de 1997 – presente
№ de temporadas       15
№ de episódios   216

 

Lula no South Park 


 
Atualmente exibido no Brasil pelo canal de TV por assinatura VH1 que normalmente exibe clips e programas musicais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!