sábado, agosto 20, 2011

Planeta dos Macacos: A Origem (Rise of the Planet of the Apes)


Elenco: James Franco, Freida Pinto, Andy Serkis, Brian Cox, Tom Felton, David Hewlett, John Lithgow.
Direção: Rupert Wyatt
Gênero: Aventura
Duração: 105 min.
Distribuidora: Fox Film
Estreia: 26 de Agosto de 2011


Sinopse: 

PLANETA DOS MACACOS: A ORIGEM combina uma narrativa fantástica com o próximo salto da tecnologia de efeitos visuais, obtendo como resultado um filme com uma textura de ação e emoção inédita. A arrogância do Homem deflagra uma cadeia de acontecimentos que leva os símios a ter outro tipo de inteligência e a desafiar nosso posto de espécie dominante no planeta. Caesar, o primeiro símio inteligente, é traído pelos humanos e se revolta passando a liderar a incrível corrida de sua espécie rumo à liberdade e ao inevitável confronto com o Homem. Para Caesar, a WETA -- a equipe que venceu o Oscar® com Avatar -- criou com animação computadorizada um símio capaz de uma interpretação dramática delineada por cargas de emoção e inteligência inéditas.

Curiosidades:

» Andy Serkis cederá os movimentos para o primata César, enquanto Brian Cox, conhecido por viver o vilão William Stryker em 'X-Men 2', será o vilão.

» Ao invés de 'Rise of the Apes' (A Ascensão dos Macacos), o título será 'Rise of the Planet of the Apes' (A Ascensão do Planeta dos Macacos).


» Rupert Wyatt ('The Escapist') dirige.

» Desta vez, os macacos serão criados por CGI.

» A empresa preferiu esquecer a refilmagem de 2001, dirigida por Tim Burton.


» O ator James Franco da trilogia Homem-Aranha e Tom Felton da saga Harry Potter estão no elenco.














Fonte: CinePop

Um comentário:

  1. Na trama dirigida por Rupert Wyatt e escrita por Amanda Silver e Rick Jaffa. O elenco do filme é Tom Felton, que recentemente apareceu no filme Risen, que é uma espécie de sequela do "Paixão de Cristo". Eu não sou um fã deste gênero de filme, mas eu gostei da perspectiva ateísta com uma estrutura narrativa realizada da maneira mais respeitosa, honesta e real. Vale a pena vê-lo como ele é uma adaptação do que acontece depois que Jesus ressuscita.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!