segunda-feira, maio 20, 2013

Cheerleaders - como montar um grupo na sua escola




  Foto meramente ilustrativa

Nos Estados Unidos é muito comum encontrar em jogos de basquete, futebol americano e outros esportes as animadoras de torcida, mais conhecidas como cheerleaders. A animação de torcida já é considerada um esporte e junta elementos da ginástica artística e de dança para serem apresentados tanto em jogos como em competições. Segundo The International Cheer Union, aproximadamente três milhões de pessoas praticam o esporte ao redor do mundo.



Apesar de o esporte existir desde 1884 nos Estados Unidos, nos anos 80 e 90 ficou muito manchado por causa de filmes que ligavam as animadoras de torcidas à  pessoas fúteis. Porém, nos anos 2000, a imagem melhorou e hoje é tratado como uma atividade mais atlética. A ESPN transmitiu a competição realizada nos Estados Unidos. No Brasil, o esporte chegou apenas em 2001, através do futebol americano e o surgimento da Liga Paulista de Futebol Americano.



Existem oito modalidades dentro do sistema americano para cheerleaders, mas no Brasil isso funciona de maneira diferente, pois o esporte ainda não está muito inserido na cultura. A União Brasileira de Cheerleaders promove campeonatos anualmente. Rodrigo Gonçalves, do departamento técnico da União Brasileira de Cheerleaders (UBC), disse que o cheerleading vem crescendo bastante no Brasil. Quando a equipe do Teia Notícias comentou sobre campeonato,Gonçalves comenta que “no ano de 2012, o Campeonato Brasileiro de Cheerleading e Dança contou com 300 participantes, aproximadamente 350 expectadores e três mídias cobrindo o evento. Muitas equipes de Cheer Atlético vêm surgindo, outras novas de Cheerdance e de animação também”. O evento foi realizado em São Paulo.



O grupo das animadoras de torcida é considerado parte do time tanto aqui no Brasil como no exterior. Elas também ajudam com arrecadações de verba, busca de patrocínio e na organização durante os jogos. Para entrar no time do Legends, Hallyne explica que são feitos alguns testes de seleção por ano. “Nós abrimos um Try Out (teste seletivo) de duas a três vezes por ano, mas nada impede das interessadas entrarem em contato pelo nosso Facebook ou pelo site do time para fazerem um teste a parte. Também permitimos a entrada no grupo por indicação de alguma das Cheers ou por algum dos atletas”, conta.



Gonçalves explica como uma pessoa faz para ingressar no esporte: “Primeiramente ela deve ingressar em uma equipe, ou formar uma. Recomendamos que um profissional formado em Educação Física seja o responsável pela mesma, pois estamos falando de um esporte com movimentos padronizados. Depois, basta ir desenvolvendo os elementos do Cheer: motions (movimentos básicos), saltos, acrobacias, dança, elevações, pirâmides e arremessos. Caso não tenham conhecimento sobre os movimentos, é aconselhado fazer contato com a UBC, para organizarmos um curso de formação no local”.

União Brasileira de Cheerleaders

A UBC é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo congregar atletas e dar o suporte necessário para as equipes de cheerleading e coaches de todo o país. A instituição visa também aprimorar a parte atlética e, visando campeonatos nacionais e internacionais, também dá suporte através de livros, e-mails e outras mídias. Atuam desde 2009, quando perceberam a necessidade de divulgar o esporte em território nacional e também de organizá-lo. São afiliadas ao ICU – The Internacional Cheer Union, que é o órgão internacional para o cheerleading ao redor do mundo, atualmente 103 países estão inseridos.



Como treinar Líderes de Torcida iniciantes

As líderes de torcida iniciantes precisam aprender algumas coisas básicas, como movimentos de torcida, acrobacias e saltos básicos. Além disso, você precisará ensinar às líderes de torcida como trabalhar a resistência, flexibilidade e força. Lembre-se que as crianças em sua equipe olharão pra você como sua treinadora e mentora. A atitude que você tem nos treinos é uma atitude na qual as participantes irão se espelhar. Estabelecer as normas e regras antes do primeiro treino ajudará a temporada a fluir sem problemas.



Instruções

    1

    Limite suas opções de treinamento para uma equipe de competição ou uma equipe de espírito esportivo. Algumas escolas oferecem ambos, mas a maioria das equipes nas escolas são apenas de espírito esportivo. Se você deseja treinar liderança de torcida competitiva, você precisará ir até clubes ginastas da redondeza ou a ginásios e se inscrever para trabalhar como treinadora.

    2

    Escreva as regras da equipe. Regras comuns incluem estar presente nos treinos, prender o cabelo em cima, não mascar chicletes e não usar jóias. Um programa de pontuação é uma forma de reforçar as regras. Um determinado número de pontos negativos são estabelecidos para cada quebra de regra. Quando os pontos chegarem a zero, a líder de torcida poderá ficar fora de uma apresentação ou ser removida da equipe.

    3

    Crie uma rotina de iniciante, tentando os movimentos você mesma para ter certeza de que eles não são muito avançados para as novas líderes. Uma novata poderia completar um "round-off" (chamado no Brasil de movimento rodante, árabe ou rondada), mas um mortal grupado pode ser muito avançado. Uma novata poderia realizar um salto de pernas abertas, mas um "herkie" (aquele salto com uma perna esticada e a outra dobrada) poderá ser mais complexo. Você poderá até colocar uma criança nova na liderança de torcida e ver se ela pode facilmente aprender os movimentos para a apresentação.

    4

    Sedie provas preliminares para encontrar líderes de torcida para a sua equipe. As provas de líderes de torcida geralmente duram dois ou três dias. A rotina é ensinada no primeiro dia, aperfeiçoada no segundo e as provas podem ser no fim do segundo dia ou no terceiro dia. Preste atenção em participantes que têm os movimentos afiados, captam as instruções básicas e estão dispostas a tentar novos movimentos. Além disso, escolha líderes de torcida que podem servir como "flyers" (voadoras), "side spotters" (apoio lateral) e "back spotters" (apoio de retaguarda). Uma equipe cheia de crianças do tamanho "flyer" terá dificuldade em levantar uma "flyer" no "basket toss" (aquela façanha de jogar a "flyer" no ar).

    5

    Gaste um tempo extra em técnica. Líderes de torcida iniciantes precisam aprender onde posicionar os braços, como alongar para conseguir fazer a total abertura de pernas, e o que fazer se alguma coisa sair errada durante a apresentação (continuar, é claro). Comece a temporada ensinando esses princípios e você será depois recompensada com líderes em excelente forma e confiança.


Modelos de uniformes 






 


Fotos meramente ilustrativas para divulgação.
 

3 comentários:

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!