segunda-feira, junho 16, 2014

A Face Do Mal





(Haunt)



Elenco:

Liana Liberato, Harrison Gilbertson, Danielle Chuchran, Jacki Weaver.

Direção: Mac Carter

Gênero: Terror

Duração: 84 min.

Distribuidora: Imagem Filmes

Orçamento: US$ — milhões

Estreia: 12 de Junho de 2014




Sinopse:

Evan (Harrison Gilbertson) e sua família mudam-se para uma antiga casa sem saber dos terríveis acontecimentos do lugar. Logo após a chegada Evan começa a experimentar atividades paranormais e pede ajuda de sua vizinha Sam (Liana Liberato) para descobrir o que está acontecendo. Como a proximidade dos adolescentes eles começam a se apaixonar, só que não sabem que a cada minuto que passa suas vidas correm um risco enorme.



Os olhos do público no filme são de Evan Asher (Harrison Gilbertson, um Dane Dehaan genérico), o fugaz adolescente, primogênito dos Asher, que em uma de suas andanças pela floresta à procura do sentido da vida encontra Sam (a deliciosa Liana Liberato), uma moça com problemas muito mais flagrantes do que os seus. Ela, mais uma vez, lembra a sina que a casa carrega. As condições naturais fazem com que os dois jovens se aproximem, pulando qualquer etapa de empatia ou convivência, colocando-os numa relação precoce que só não chega às vias de fato graças à inoperância do rapazote.



A palavra em português mais próxima da tradução de Haunt seria covil. No início do filme há uma referência a esse elemento em letras escarlates que dizem: “Haunt – Substantivo; Lugar de alimentação para animais”. A máxima faria ainda mais sentido com o passar do tempo e com os passeios que o fantasma faz pela casa. Como o temor é explícito, quase não há presença de sustos. Os mistérios estão na história dos Morellos e com o que fez seu patriarca enlouquecer. Sam se sente atraída pelo local, como se a aflição de sua alma a levasse a um lugar inseguro, mais pacífico que o seu lar.






















Fonte: CinePOP e Vortex

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!