terça-feira, outubro 14, 2014

'Porta dos Fundos' estreia na TV





Além disso, grupo planeja série inédita, animação e longa-metragem.

Se na internet o grupo Porta dos Fundos pode tudo e não tem censura, na TV não vai ser diferente. Quem garante é Antonio Tabet, conhecido como Kibe Loco, integrante do coletivo de humor que chega à TV pela porta da frente. Os humoristas estreiam hoje, às 22h, a série ‘Porta dos Fundos’, que reúne todo o material da rede, dividido em 26 episódios de 30 minutos cada um, com média de dez esquetes por programa. “A liberdade de conteúdo e editorial foi uma exigência para fecharmos com a Fox. Não abrimos mão disso. Se eles se interessaram pelos nossos vídeos na web, não fazia sentido a gente mudar”, explica Antonio Tabet.


Sucesso há dois anos na internet, com mais de um bilhão de visualizações, o grupo de humoristas já pretendia levar seus esquetes para uma tela maior, mas sem perder o controle sobre a obra. “Depois que o grupo estourou, tivemos propostas de emissoras abertas, mas a da Fox foi a que chegou onde a gente queria”, diz Tabet.


O comediante lembra que o grupo está fazendo o caminho inverso. “Normalmente, a TV lança produtos inéditos e, depois que eles estão desgastados, vão para a internet. Nossos vídeos já foram vistos por todo mundo, mas só agora vão ser exibidos na TV”.


Apesar disso, Tabet aposta que a experiência vai ser totalmente nova, inclusive para os fãs de carteirinha do grupo. “Eles estão acostumados a ver os vídeos numa tela pequena, de celular, tablet ou computador. Assistir em uma tela grande, com a qualidade com que fazemos os esquetes e ninguém percebe, é diferente. O fã mais fiel também vai se surpreender, porque não sabe a ordem em que os vídeos serão exibidos”, diz.



Na série, o comediante Gabriel Totoro apresenta os esquetes, com a participação de vários integrantes do grupo, como Gregório Duvivier, Fabio Porchat, Clarice Falcão, João Vicente de Castro, Júlia Rabello, Marcus Majella e Letícia Lima. Entre os títulos, estão ‘Na Lata’, ‘Brainstorm’, ‘Suborno’, ‘Happy Hour’ e ‘Reunião de Emergência’. “Fizemos uma seleção do que mais gostamos. Não há uma ordem cronológica”, conta Tabet.


Se no canal do YouTube o grupo está acostumado com média de quatro milhões de visualizações por vídeo, na TV não existe expectativa de audiência. “Não temos preocupação com isso nem ambição. Esperar audiência depois da eleição não dá. Se o Ibope errou 12 pontos para a votação para presidente, imagina a margem de erro para a audiência da programação da TV”, brinca Tabet.
O Porta dos Fundos já prepara uma série inédita para a Fox no ano que vem, além de uma animação para o canal em 2016. Em janeiro, o grupo começa a rodar seu primeiro longa-metragem. Mas Tabet garante que a internet continua sendo o foco principal. “A gente faz o que gosta e o que acredita. Ser reconhecido é um bônus. Sucesso nunca foi nosso objetivo”, finaliza.













Fonte: O Dia/IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!