sexta-feira, janeiro 30, 2015

Marco Polo, a nova série do Netflix





O que você precisa saber sobre Marco Polo, a nova série do Netflix.

Desde que produziu “House of Cards”, o Netflix se consolidou como uma referência em séries. Antigamente era inimaginável um site (por maior que fosse) lançar um seriado tão bom quanto os de estúdios tradicionais, tipo HBO ou Warner. Hoje já não é mais assim.


Com “Hemlock Grove” e “Orange is The New Black” o Netflix novamente fez sucesso. E, agora, eles acabaram de lançar o seu novo empreendimento: “Marco Polo”, que conta a história do icônico mercador italiano, um dos primeiros ocidentais a explorar a China.

Se você está sem nenhuma série para assistir no momento, há várias razões para apostar em “Marco Polo”. Ou, pelo menos, colocá-la em sua lista de programas para ver num futuro próximo. Eis o que você precisa saber sobre o seriado:


1# É sobre um dos maiores aventureiros da história

Você com certeza já ouviu o nome Marco Polo em sua vida. Mas sabe por que ele é famoso? Trata-se de um dos maiores aventureiros da história.

Ele não foi o primeiro ocidental a visitar a China, mas foi o primeiro a fazer um relato detalhado — em seu livro “As Viagens de Marco Polo” — da região, o que disseminou a cultura asiática na Europa.

Portanto, mais do que uma série de entretenimento, “Marco Polo” é um programa que enriquecerá o seu conhecimento histórico, como “Roma” ou “Tudors”.




2# Tem a dose adequada de sexo e nudez

Mas nenhuma série vive exclusivamente de história, claro.

Então pode ficar tranquilo, pois aqui “Marco Polo” segue uma fórmula parecida com a de “Game of Thrones”. Em outras palavras, uma boa trama com a dose adequada de sexo e nudez.

E se você gosta da beleza asiática, vai enlouquecer.

Imagine um europeu chegando na Ásia, com todos os seus haréns? É isso que acontece com nosso querido herói, interpretado pelo ator italiano Lorenzo Richelmy.




3# Possui uma guerra histórica como pano de fundo

Nada como uma boa guerra para apimentar uma série, né?

Então pode ficar tranquilo que “Marco Polo” também possui uma cota generosa de batalhas e duelos no seu roteiro. O seriado tem como pano de fundo a guerra entre China e Mongólia no século 13.
4# A crítica não gostou, mas o público sim
Dizem que a voz do povo é a voz de Deus. Então em quem acreditar na crítica ou no público?

No Rotten Tomatoes, a série está com apenas 22% de aprovação dos críticos e 88% da audiência. No IMDB recebeu nota 8,7. Cabe a você escolher em quem acreditar.

Ou, melhor ainda, tirar suas próprias conclusões.



6# Sua produção custou US$ 90 milhões para 10 episódios

Não dá para dizer que orçamento alto é sinônimo de qualidade. Mas vamos concordar que é meio caminho andado, certo?

“Marco Polo” teve um custo considerável de US$ 90 milhões para seus 10 episódios da primeira temporada. E, quando você começar a assistir, verá que foi um dinheiro bem gasto.























Fonte: Diário do Centro do Mundo

quinta-feira, janeiro 29, 2015

Remake de ‘A Coisa’ será mais violento e assustador





Em entrevista ao site da revista EW, o roteirista/produtor Seth Grahame-Smith falou sobre o tom da nova versão ao cinema de ‘A Coisa‘ (It), clássica obra de Stephen King que já virou telefilme nos anos 90.


Segundo Grahame-Smit, a nova adaptação, dividida em duas partes, será mais “violenta e assustadora” que a anterior.


    “Eu acho que se há alguma coisa que [o novo filme] vai trazer de volta é um pouco da violência do livro, que eles não puderam colocar na minissérie original, já que foi transmitida na TV. Acho que será mais assustador. E também temos Cary [Fukunaga, diretor] dirigindo essas crianças – ele é incrível na parte de tom e atmosfera. Uma das coisas que eu gostaria de fazer era uma boa adaptação de King. Como sabemos, há um grande número de adaptações de King que são clássicas. Algumas são boas, algumas preferimos esquecer.”

O produtor também ofereceu novidades sobre o andamento do projeto.

    “Estamos para finalizar o roteiro, então é de se supor que as filmagens possam acontecer a qualquer momento, dependendo de Cary e do seu co-roteirista. Também estamos fechando um acordo para que eles escrevam o segundo filme. Nossa esperança é começar a pré-produção dentro dos próximos meses e filmar no verão [na metade do ano]. Eu sei que a [produtora] New Line está pronta.”



A primeira parte de ‘A Coisa‘ deve chegar aos cinemas na metade de 2016.

A trama é ambientada em Derry, uma pacata cidade que foi aterrorizada 30 anos atrás por um ser conhecido como “A Coisa”. Suas vítimas eram crianças, sendo que se apresentava na maioria das vezes como o palhaço Pennywise. Com esta forma ele reaparece, 30 anos depois. Sete pessoas atacadas pela criatura juraram combatê-la caso surgisse outra vez, porém este juramento pode custar suas vidas.



O primeiro filme vai explorar a infância dos protagonistas, já o segundo mostrará os personagens, agora adultos, lutando contra A Coisa.

O diretor Cary Fukunaga, do elogiado ‘Jane Eyre‘ e da série ‘True Detective‘, roteiriza e vai dirigir o terror.

 Roy Lee, Dan Smith, David Katzenberg e Seth Grahame-Smith serão os produtores.

O livro já foi adaptado para TV em 1990. Os capítulos foram compactados e lançados em filme, que chegou ao Brasil com o título ‘It – Uma Obra-prima do Medo‘.























Fonte: CinePOP

terça-feira, janeiro 27, 2015

O primeiro trailer do novo filme Quarteto Fantástico




Com ares mais sérios que os demais filmes inspirados nos quadrinhos da Marvel, o novo Quarteto Fantástico apresenta uma nova origem dos personagens não tão bem recebidos no cinema no passado. O elenco completamente inédito é encabeçado por Miles Teller (Whiplash), que vive o cientista Reed Richards, com Kate Mara (House of Cards) como Sue Storm, Michael B. Jordan (Namoro ou Liberdade) fazendo as vezes de Johnny Storm e Jamie Bell (Billy Elliot) fechando o quarteto como o brutamontes de pedra Ben Grimm. A vilania está sob o comando de Toby Kebbell (Planeta dos Macacos: O Confronto), que vai interpretar Victor Domashev. A direção do longa ficou com Josh Trank (Poder sem Limites) e o filme tem estreia prevista para agosto, no Brasil.




















Fonte: PlayTV

domingo, janeiro 25, 2015

Somente maiores de 18 anos poderão assistir ‘Cinquenta Tons de Cinza’ no Brasil




‘Cinquenta Tons de Cinza‘ recebeu a classificação indicativa mais alta existente no Brasil. Somente maiores de 18 anos poderão assistir ao filme nos cinemas.

A classificação foi mais severa que a norte-americana, aonde maiores de 17 anos poderão conferir o romance erótico. Menores de idade só podem assistir ao filme acompanhados dos pais ou de algum responsável (nos cinemas que permitirem tal ação).



A censura é explicada:

    “Conteúdo sexual forte, incluindo o diálogo, comportamento sexual incomum e nudez gráfica.”

Apesar de o filme ser baseado na obra literária um tanto quanto sexualmente explícita, os estúdios fogem dessa classificação por significar menos lucro nas bilheterias (já que os jovens não podem assistir ao filme).



‘Cinquenta Tons de Cinza’ não incluirá cena do absorvente íntimo

O longa, que terá 2 horas e 04 minutos, se tornou o filme para maiores de 17 anos que mais vendeu ingressos antecipados na história do Fandango. A empresa norte-americana de venda online de ingressos informa que, desde o último dia 11, o longa comercializou mais ingressos em sua primeira semana do que os totais de vendas de ‘Sex and the City 2’, ‘Se Beber, Não Case! Partes II e III’ e ‘Garota Exemplar’.

‘Cinquenta Tons De Cinza‘ terá sua première mundial durante o prestigiado Festival de Berlim, que acontece entre os dias 5 e 15 de Fevereiro. A première acontecerá dia 11 de fevereiro, e contará com a presença da diretora Sam Taylor-Johnson e dos protagonistas Dakota Johnson e Jamie Dornan.



“O público não verá meu pênis em ‘Cinquenta Tons de Cinza’”, diz Jamie Dornan

Dirigido por Sam Taylor-Johnson, ‘Cinquenta Tons de Cinza‘ é baseado na trilogia de livros de mesmo nome que hoje é um dos maiores fenômenos de venda com mais de 90 milhões de cópias em todo o mundo. A estudante de literatura Anastasia Steele é convocada para entrevistar o jovem empresário bilionário Christian Grey para a revista de sua faculdade, e logo o acha atraente, enigmático e intimidador. Convencida de que seu encontro correu mal, ela tenta tirar Grey de sua cabeça – até que ele começa a cortejá-la. O romance é inspirado nos personagens Edward e Bella, da ‘Saga Crepúsculo’.



A protagonista Anastasia Steele é vivida por Dakota Johnson (‘Anjos da Lei’). O longa chega aos cinemas nacionais dia 12 de Fevereiro de 2015, um dia antes da estreia norte-americana.

O elenco ainda inclui Jennifer Ehle (‘A Hora Mais Escura’) como a mãe de Anastasia; Marcia Gay Harden (‘The Newsroom’) como a mãe de Christian Grey; Max Martini (‘Círculo de Fogo’) como Jason, segurança do bilionário; Eloise Mumford (das séries ‘The River’ e ‘Lone Star’) como Kate Kavanagh, melhor amiga da protagonista; e Victor Rasuk (da série ‘How to Make It in America’) como José Rodriguez, fotógrafo que compete com Christian pelo coração de Anastasia.























Fonte: CinePOP